10 de Dezembro de 2019, atualizado ás 17:12

Mercosul sobe limite de compras para US$ 1.000



Por: | Finanças

Compartilhar:
         

Uma boa notícia para quem está de viagem marcada para os países da Mercosul surgiu essa semana, onde o bloco aprovou a liberação do limite de compras para US$ 1.000.

Essa novidade vai mexer com a cota de compras que os turistas poderão trazer em viagem pelo bloco, que antes era de US$ 500.

Assim, que for viajar para Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai podem retornar ao seu país com uma cota maior de gastos, que inclui compras no Freeshop e lojas dentro do país.

Mesmo a norma já sendo aprovada pelos países do Mercosul, ainda não existe uma data para que essa liberação de US$ 1.000 comece a valer no Brasil.

Isso porque a Receita Federal, que faz o controle da entrada e saída de produtos do Brasil, precisa ainda se adaptar as mudanças e ao novo controle de preços.

Essa adaptação é feita para que o Mercosul possa também se unir em todas as esferas, como aduaneira, que precisava aprovar o acordo indicado pelo governo brasileiro.

Mercosul sobe limite de compras para US$ 1.000 – Foto: Pixabay

Segundo o grupo responsável pelas negociações comerciais no Mercosul, Daniel Leitão, a mudança nos gastos com compras internacionais dentro do bloco ainda não tem aplicação imediata.

Ou seja, como citamos acima, a Receita Federal precisa publicar uma resolução com a mudança, e qual deverá ser as obrigações e deveres dos viajantes quando tudo estiver valendo.

Mas, se for da vontade do presidente Jair Bolsonaro, essa mudança não deve demorar a acontecer, pois na reunião do Mercosul realizada no mês de novembro, o governo já tinha sinalizado a necessidade desse aumento do limite.




Raquel Luciano

  

0 Comentários