Publicidade

Controlar As Finanças E Economizar Dinheiro: Parte 2

Publicidade

Na primeira parte do artigo sobre como economizar dinheiro, começamos com 3 dicas para que você possa começar a se organizar para controlar as finanças. Hoje, continuaremos nossas dicas para que você nunca mais fique no vermelho, possa controlar suas finanças e ainda tenha um dinheirinho sobrando no final do mês para curtir alguns momentos de lazer ou até mesmo começar a investir seu dinheiro. Pronto? Então, vamos começar!

1- Não Atrase Suas Contas – Especialmente Do Cartão De Crédito

controlar as finanças

Essa é a regra primordial para quem não quer jogar dinheiro pela janela. Se você pagar as contas em dia, não só conseguirá controlar as finanças, como também não pagará excesso por multa. Sobretudo do cartão de crédito e do cheque especial.

Na verdade, a minha dica é bem direta: só use o cheque especial em caso de urgência real. Caso contrário, nem pense em colocar sua mão nesse dinheiro. Os juros cobrados no Brasil são excessivamente altos.

Publicidade

Cartão de crédito nem se fala. São os maiores juros do mundo! Recentemente, o Nubank anunciou um aumento de 144% a.a. de taxas de juros por atraso. Você tem noção do que isso significa?

Ao atrasar a conta do cartão de crédito em apenas um dia, você já pagará alguns reais a mais, dependendo do valor da sua fatura. Imagine uma fatura que fechou em R$1.000 e vence no dia 1, com juros de 2% ao dia. Sim, alguns podem chegar a esse valor.

Isso significa que no dia 2 você pagará um total de R$1.000 + R$20, que equivale a 2%. No entanto, esse valor pode ser de até 14% ao mês. E como os juros são compostos, o valor só tende a crescer mais e mais, virando uma verdadeira bola de neve.

Publicidade

2- Você Pode Usar O Cartão De Crédito. Mas Para Controlar As Finanças, Use Da Forma Certa 

controlar as finanças

O cartão de crédito é, de fato, bem prático. Mas traz um problema: faz você ter a falsa sensação de que tem dinheiro sobrando, quando, na verdade, muitas vezes não tem. Isso não significa que você não possa ter o seu cartão. Porém, se você quer controlar as finanças, precisa saber usar de forma inteligente.

Por isso, o ideal é que você comece sempre pagando no cartão de débito (pelo menos as pequenas contas do seu dia a dia). Além de você não acumular nenhuma despesa para o outro mês, passará a criar mais disciplina para se policiar quando for gastar de novo.

Mas algumas vezes não podemos fugir do cartão de crédito. Quando for o caso, deixe para usar para contas mais caras e que podem ser parceladas, contanto que você não tenha que pagar juros de parcelamento. 

Publicidade

Outra sugestão que eu posso dar para você é para que use um cartão pré-pago. Muitos cartões de crédito funcionam dessa forma (e isso acaba transformando-o em um débito). Você só precisa depositar um certo valor no cartão através da sua instituição financeira para que ele possa ser utilizado.

3- Coloque Seu Dinheiro Em Uma Aplicação Rentável 

Você não precisa ser rico para começar a investir seu dinheiro.  Sabia que com apenas R$30 reais por mês você já consegue começar a investir em alguns títulos do Tesouro Direto? É claro que isso não vai deixar você rico. Muito menos trazer lucros mensais suficientes para que você pague as suas contas.

No entanto, é mais rentável deixar em algumas dessas aplicações de renda fixa do que na poupança – ainda mais agora que a taxa Selic chegou aos 5% e atingiu a menor marca nos últimos anos. Além disso, é uma forma de começar a se conscientizar da importância de se guardar dinheiro todos os meses.

Publicidade

Portanto, a primeira coisa que você precisa fazer é definir onde vai querer investir. Lembre-se que todos os meses a inflação diminui o seu poder aquisitivo. A melhor maneira de se proteger contra ela é usando-a a seu favor!

As aplicações em renda fixa que utilizam a inflação para gerar o seu lucro – através dos juros compostos – são as mais seguras. Em compensação, são as menos rentáveis. Por outro lado, investimentos de renda variável como a Bolsa de Valores são muito mais rentáveis. Mas podem fazer você perder seu dinheiro em uma tacada só. Entenda que quanto maior o risco, maior a recompensa. E quanto menor o risco, menor a recompensa. São grandezas diretamente proporcionais!

Conclusão Sobre Controlar As Finanças

Você aprendeu com esses dois artigos sobre como controlar as finanças e como economizar dinheiro não são difíceis como parecem ser. Você só precisa agir com mais sabedoria antes de fazer as coisas. Por exemplo, não compre mais do que você pode.

Publicidade

Não gere dívidas altas, e comece a pagar todas as suas contas antes do vencimento. Dessa forma, dificilmente você terá problemas novamente com as suas contas no final do mês. O que achou das nossas dicas? Deixe o seu comentário abaixo e compartilhe esse post em suas redes sociais!

Publicidade