Conheça mais sobre os Bitcoin, a carteira digital que veio para ficar

Conheça mais sobre os Bitcoin, a carteira digital que veio para ficar
Raquel

Você já deve ter ouvido falar sobre Bitcoin, uma palavra que vem invadindo o mundo digital e ganhando cada vez mais adeptos. Diferente do dinheiro físico que você usa para comprar um produto em uma loja, o Bitcoin é moeda online em transações comuns. Ou seja, dentro de uma “carteira virtual”, acessava via internet por meio de softwares de diversas empresas, você monta a sua carteira, onde são guardados os saldos adquiridos virtualmente.

Criada há mais de nove anos, o Bitcoin atrai a atenção de investidores e já é aceita como meio de pagamento em alguns países. Além disso, por ser uma moeda online, o Bitcoin não são controlados pelo Banco Central e podem ser tratados sem qualquer taxas ou procedimentos burocráticos

Como conseguir Bitcoin?

O Bitcoin são produzidos por milhares de computadores, onde as pessoas mantem em suas máquinas a capacidade de criar Bitcoins e registrar todas as transações feitas. Quando o Bitcoin nasce, dá-se o nome de “mineração”, onde os computadores conectados à rede competem entre si na resolução de problemas matemáticos. Ou seja, quem ganha, recebe um bloco da moeda que podem ser trocados por produtos online.

Além da mineração, é possível ter Bitcoins por meio de compras em casas de câmbio específicas ou aceitando a criptmoeda ao vender coisas. Independente da forma de utilização, as moedas online serão sempre guardadas em uma carteira, com senha e login, que precisam ser guardadas pelo usuário, para que consiga ter acesso ao seu “dinheiro”.

Onde usar o Bitcoin?

Com os Bitcoin em mãos, é possível comprar serviços ou adquirir coisas no mundo todo, visto que hoje em dia muitas empresas estão aceitando essa forma de pagamento. Mas o detalhe é que, assim como em ações de investimento, o Bitcoin tem variações de valores, ou seja, um dia você pode ganhar mais ou menos.

Nesse caso, dependendo da cotação, você pode comprar um determinado serviço ou produto por um valor de Bitcoin hoje e amanhã esse valor já ser outro. Mas quem atua nesse segmento diz que a tendência é que mais pessoas possam fazer parte desse mundo digital, aumentando o interesse pela compra e comercialização do Bitcoin.

Como investir em Bitcoin?

Para quem pensa em investir em Bitcoin, a dica é saber que para isso você precisa ter uma veia arrojadas e que esteja disposta a diversificar os investimentos, saindo daqueles métodos tradicionais. Lembre-se que com o Bitcoin, existe uma volatilidade, agregada a tecnologia.

Por isso, para quem está começando, invista 1% do seu patrimônio em Bitcoins e conte com esse dinheiro somente para o longo prazo. Além disso, fique sempre atento a sistemas que prometem ganhos absurdos com o Bitcoin, que possam ser comparados a piramides ou a ganhar fantasmas.

Com esse tipo de investimentos, alguns especialistas acreditam que muitas empresas possam tentar burlar as leis bancárias e de impostos, assim é importante se manter em alerta sobre que tipo de investimento você está entrando. Por isso, para ficar claro:

  • Os bitcoin tem transferência global e instantânea;
  • Não precisa de conta bancária;
  • Podem ser acessados de qualquer smartphone;
  • Tem um custo pequeno de transação;
  • Qualquer transferência é feita de modo seguro;
  • Ninguém pode confiscar ou congelar o seu dinheiro, ou seja, não fique medo que alguma ação judicial possa retirar os seus Bitcoin da conta;
  • É possível programar funções especiais nas transações de Bitcoin;

Com todas essas informações em mãos, fica mais fácil agora você saber se quer aderir de vez ao mundo digital, não só com participações diretas como gerando dinheiro online. Com o uso do Bitcoin você poderá ter investimentos e trocar os valores por produtos digitais. É o mundo moderno mostrando mais uma novidade.

Cuidados com os golpes

Uma forma correta de aplicar o dinheiro no Bitcoin é por meio de empresas sérias que atuam como corretoras de valores, aplicando o seu investimento no momento que a moeda digital está em alta e fazendo as retiradas quando ela estiver em baixa.

Isso porque, muitos golpistas vem usando a moeda digital como uma forma de aplicar golpes, fazendo com que milhares de pessoas percam dinheiro em um investimento inseguro ou com aplicações erradas. E isso as vezes acontece sem o dono do dinheiro perceber. Quando for realizar o resgate, o dinheiro não existe mais.

Recentemente vimos o caso do Faraó dos Bitcoins, que usou o dinheiro de investidores honestos para enriquecer. Mas, quando as pessoas foram pedir o valor de volta, descobriram que ele não existia mais. Portanto, não cai em golpes milagrosos de que o rendimento nesta criptomoeda vai gerar lucros de um dia para o outro.

É necessário bastante conhecimento da área, investimento e deixar nas mãos de quem realmente entende do negócio, ficando você apenas responsável por gerenciar os ganhos. E, mesmo com todo esses cuidados, lembre-se que ele pode ser uma forma de investimento menos seguro do que as já conhecidas no mercado de finanças.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

Sem comentários