PORTAL ECONOMIZANDO

Como controlar o uso do cartão de crédito, evitando prejuízo no orçamento?

É preciso ter cautela na hora usar, evitando prejuízos financeiros. Quer saber como? Confira algumas dicas do Portal Economizando

Publicidade

Quando o assunto é cartão de crédito, existem aqueles que amam de paixão e aqueles que não querem ver nem pintado de ouro. Lidar com ele não precisa ser assim, cheio de extremos. É possível viver com equilíbrio, basta você saber como controlar os gastos no cartão de crédito. Assim, você não vai viver um pesadelo.

Como controlar os gastos com o cartão de crédito?

O cartão de crédito é uma forma de pagamento que pode ser uma grande aliada no seu dia a dia. Entretanto, é preciso ter cautela na hora usar, evitando prejuízos financeiros. Quer saber como? Confira algumas dicas do Portal Economizando para melhorar essa relação de uso.

1 – Faça um planejamento financeiro

Quando assunto é lidar com dinheiro, a primeira dica sempre é se planejar. Por isso: Organize seus gastos; Sabia o que é fixo e exclusivo do cartão de crédito; Administre os gastos que aparecem no cotidiano.

Publicidade

Tudo isso é essencial para não sobrecarregar a fatura do seu cartão. Assim você não precisar fazer aqueles pedidos emergenciais para aumentar seu limite e acabar pagando mais do que você pode.

2 – Reduza o limite do cartão

Com o cartão de crédito é difícil sentir que está perdendo dinheiro, pois você não vê o valor saindo de imediato da sua conta. Mas você consegue ver o limite diminuindo e o aumento na fatura.

Então, para não gastar mais do que o seu salário, o ideal é diminuir seu limite para um valor que não comprometa toda sua renda e você consiga sempre fazer o pagamento integral da fatura. É interessante que o limite do seu cartão, não ultrapasse 30% do seu salário.

Publicidade

3 – Pague o valor total da fatura

Essa é a verdadeira dica amiga! Não pagar o valor total da fatura é uma furada. Quando você deixa de pagar o valor integral, entra no rotativo do cartão de crédito que tem os juros mais altos, podendo chegar a 14% ao mês.

Quando você chega neste momento, é quando as coisas saíram do controle. Se você diminuir seu limite para um valor que você pode pagar, as chances de não conseguir quitar o valor total da fatura é bem menor.

4 – Procure cartões sem anuidade

A anuidade é uma taxa cobrada pelo banco, ou instituição financeira, pelo uso do cartão. Muitas empresas fazem essa cobrança mesmo sem você usar o cartão e descontam o valor direto na fatura. Isso é um dinheiro mal gasto.

Publicidade

5 – Controle o número de cartões

Nos impor limites é bom, e quando o assunto é cartão de crédito, essa tarefa é necessária. Tenha no máximo dois cartões de bandeiras diferentes. Mas por que ter apenas dois?
Com dois cartões você tem mais controle para administrar a fatura e quanto pode consumir nele.

Um você pode usar na sua rotina, e outro deixar guardado em caso de alguma eventualidade. Outra sugestão importante, nunca peça cartão de loja, normalmente o juros são mais caros. O ideal é que os dois cartões juntos não ultrapasse o valor da sua renda, pois caso acabe gastando os dois integralmente, pode ter problemas depois.

6 – Defina a data de vencimento próxima ao dia do salário

Última dica, mas não menos importante é: coloque a data de vencimento do seu cartão de crédito para próximo da data que você recebe seu salário. Assim, você evita possíveis atrasos e multas.

Publicidade

Com o vencimento perto do dia que cai seu salário, você acaba se organizando para usar o dinheiro como prioridade para pagar a fatura. Controlar os gastos no cartão de crédito é essencial para ter uma vida financeira saudável. Siga essas dicas e confira no seu dia a dia impactos positivos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Publicidade